Contador de visitas

sábado, 25 de outubro de 2014


Ely Santantonio 
Curto&Grosso 

 RIO DE LÁGRIMAS- Fato cruel: todo "oba oba", todo "bafafá" na AL-MT com a ameaças a empresários políticos e aderentes, deu em nada. Vergonhosamente as CPIs da Trimec, Eraí Maggi e Nhambiquaras foram engavetadas no transcorrer da semana, com a grande maioria dos parlamentares envolvidos diretamente ou não nas ameaças sinistras abocanhando fortunas para um Natal gordo e repleto de comemorações. Resta esperar que a algazarra tenha aberto os olhos do MPE, MPF, Receita Federal e outros poderes fiscalizadores... ///////////////////De qualquer forma, fonte do Cacetão Cuiabano informou que, na semana passa, no primeiro encontro entre o deputado José Riva e o poderoso Rei da Soja  Erai Maggi, numa fazenda do primo Blairo Maggi, na época ainda internado para uma operação da próstata em Brasília, rolou um rio de lagrimas. E relatou: "Riva chegou de avião por volta das 9 da manhã, e já era esperado por Eraí na cancela que dá acesso ao aeroporto".... Bem mais equipado que de muitas cidades do interior, com capacidade para receber os potentes aviões do ex-governador. Todo cercado e protegido para evitar acesso à pista de animais caseiros, além de bovinos  e equinos. "Ao se encontrarem, emocionado, Eraí começou a chorar compulsivamente, repetindo por várias vezes a frase: "Meu amigo!... Meu Irmãozinho de Juara!... Não brigue comigo!"//////////////Segundo a mesma fonte, Riva sempre durão e alheio a emoções passageiras, acabou não resistindo e chorou também, enquanto balbuciava:"Continuo seu amigo e seu irmão, Eraí!... Vamos caminhar juntos outra vez"////////// Na sequência, já mais calmos, após um telefonema de Blairo Maggi ainda do leito hospitalar, brincando com o fato de que ambos, quando garotões e já criando pelo no saco, em Juara, se divertiam "papando" novilhas e éguas nos pastos das fazendas de seus familiares, Riva foi o primeiro a a se manifestar: "Aquela novilhinha malhada não podia te ver, que já vinha balançando o rabinho, toda feliz!".......Já mais sorridente, Eraí devolveu: "Tava apaixonada por você, já vinha direto correndo prô seu lado!"/////////// A partir daí  foram definidos os primeiros acordos que levaram ao arquivamento da CPI envolvendo o Rei da Soja e, na sequência, outras que atingiriam em cheio o governador Silval Barbosa, senador Jayme Campoos e a poderosa família Botelho, entre outros estrelados./////////////////////EM CAMPANHA - Candidato a procurador-geral de Justiça de Mato Grosso, o promotor Mauro Zaque iniciará, na próxima semana, um roteiro de viagens pelo Interior. Ele visitará dezenas de colegas, levando suas propostas e recolhendo informações sobre a situação da instituição em Mato Grosso.//////////Se Aécio Neves se eleger presidente, além de Wilson Santos, eleito deputado estadual, seu companheiro de PSDB, Nilson Leitão, poderá ser indicado para um cargo de relevância em Brasília/////////////NHAMBIQUARA NA CABEÇA - O prefeito Mendes está empenhadíssimo em ajudar o deputado eleito José Eduardo Botelho (PSB) a ser indicado o nome de consenso da bancada governista para a presidência da AL-MT. Nesse grupo, além de Botelho, são candidatos Guilherme Maluf (PSDB), Zeca Viana (PDT) e Dilmar Dal’Bosco (DEM).////////////////


R$ 50 MILHÕES

Agricultor denuncia suposta fraude em acordo envolvendo terras

Favernei Lazaretti e esposa alegam que houve 


falsificação em procuração

Divulgação
Clique para ampliar 
Favernei Lazaretti quer anulação de acordo firmado entre Valdir Piran e José Pupin
LUCAS RODRIGUES
DO MIDIAJUR
O agricultor Favernei Lazaretti e sua esposa, Irene Hurtiak Lazaretti, entraram como uma petição na Justiça para tentar anular o acordo firmado entre o produtor rural José Pupin e o empresário do ramo de factoring Valdir Agostinho Piran, sobre uma área de terra de R$ 50 milhões, em razão de suposta fraude.

No acordo ficou estabelecido que Pupin pagaria a Piran o valor de R$ 6 milhões para que a área, de 56 mil hectares, localizada em Paranatinga (373 km ao Norte de Cuiabá), denominada “Fazenda Olerol”, lhe fosse entregue.

O acordo foi homologado pela Justiça de Cuiabá, em julho, e teria sido feito com a concordância de Favernei e Irene Lazaretti, além das outras partes, beneficiários, vendedores e terceiros envolvidos na negociação: Mauri Adolfo Kopke, Célia de Fátima Massera Kopke, Sergio Tupan, Tiago Vieira de Souza Dorileo e Roberto Zampieri.

No entanto, Favernei e Irene alegam que o documento, que teria autorizado o advogado Carlos Francisco Quesada a realizar negociações em nome deles, foi “tosca e grosseiramente falsificado” para prejudica-los.

Eles relataram que Favernei assinou documento com procuração “ad judicia”, o que autoriza o advogado a representa-los na ação.

Mas a procuração “ad negocia”, que permite ao advogado efetivar negócios em nome do cliente, teria sido “sorrateiramente incluída no documento, sendo que tais cláusulas nunca haviam sido outorgadas 
"A concordância que supostamente os autores teriam exarado a respeito do acordo apresentado entre Pupin e Piran não condiz com a realidade, porquanto baseada em funesto documento falsificado"
 pelo senhor Favernei ao senhor Quesada”.

Outro ponto que comprovaria a falsificação, segundo eles, é que a assinatura de Irene Lazaretti não consta nos documentos da procuração “ad negocia”

“Em sendo assim, a concordância que supostamente os autores teriam exarado a respeito do acordo apresentado entre Pupin e Piran não condiz com a realidade, porquanto baseada em funesto documento falsificado”, afirmaram os agricultores.

Como, em tese, eles não teriam concordado com a negociação, e a autorização de todas as partes é necessária para a validade da sentença, os agricultores pediram a nulidade do acordo firmado entre Pupin e Piran.

Favernei e Irene também pediram que seja realizada perícia para comprovar a suposta falsificação da procuração.
O empresário Valdir Piran, um dos que realizaram acordo

“A utilização de documento falsificado é ato extremamente funesto, perpetrado pelo réu senhor Quesada, que deverá ensejar, inclusive a devida responsabilidade criminal, nos termos da legislação vigente. Ressalte-se que além dos autores a própria Justiça foi enganada, o que é extremamente grave”, diz trecho da petição.

A disputa

Pupin havia acionado Piran e os demais envolvidos na negociação devido ao suposto não cumprimento de contrato de compra e venda da área, adquirida pelo produtor rural em 2011.

Segundo consta na ação, o imóvel rural não havia sido entregue a Pupin mesmo após o pagamento de duas prestações da terra, o que teria ferido o contrato.

Segundo a ação, Pupin pagou o valor de entrada e dividiu R$ 46 milhões em sete parcelas anuais de R$ 7.500.150,00, a serem quitadas em 2012, 2013, 2014, 2015, 2016 e 2017.

Apesar de ter quitado as prestações dos dois últimos anos, que somam R$ 15,3 milhões, Pupin disse que os acusados ainda não lhe entregaram o mínimo de 50 hectares do imóvel, como haviam se comprometido a fazer em vinte dias.

Em julho deste ano, Pupin e Piran realizaram um acordo para encerrar a disputa, homologado pelo juiz Aristeu Dias Batista Vilela, da 5ª Vara Cível de Cuiabá. Mas a ação, em relação as outras partes, continua a tramitar.

Outro lado


Ao MidiaJur, o advogado Carlos Francisco Quesada negou que tenha havido qualquer falsificação documental.

Ele disse que respeita a alegação de Favernei e que continuará a advogar para o agricultor.

“Já existe uma previsão de acordo nessa ação. Semana que vem ele [Favernei] virá para cá para conversar sobre isso. Ele estava em desacordo com o acordo em si. Eu sou advogado do Favernei há mais de 10 anos e essa é uma situação que será resolvida. Continuo advogado do processo, sou amigo do Favernei”, relatou.

O empresário Valdir Piran não foi localizado pela reportagem.

Grávida, contadora morre após ser baleada durante assalto

Mulher morreu ontem, em hospital de Cuiabá; durante o 


assalto, assaltante foi morto pela PM

MidiaNews/Reprodução
Clique para ampliar 
Ana Cláudia (detalhe) morreu no hospital; um assaltante foi morto em troca de tiros com a PM
ADILSON ROSA
MídiaNews
A contabilista Ana Cláudia Souza, de 27 anos, morreu, no começo da noite de sexta-feira (24), no Hospital Santa Rosa, em Cuiabá, após ficar dois dias internado em estado grave.

Na noite de quarta-feira (22), ela foi baleada no ombro, durante um assalto a um mercadinho no bairro Mapim, em Várzea Grande, onde um homem revidou o assalto praticado por dois rapazes.

Além da contabilista, os tiros atingiram Larissa Valério, de 27 anos, que atingida nas costas, e um adolescente de 16 anos, que foi baleado de raspão.

Ana Cláudia Souza estava grávida de um mês.

Horas depois, os dois suspeitos do assalto foram localizados e um deles sacou um revólver e iria atirar contra os PMs, mas acabou baleado.

Trata-se de Elivelton Mendonça Passaglia, de 18 anos, que morreu ao entrar no box de emergência do Pronto Socorro de Várzea Grande.

O outro suspeito, um adolescente de 17 anos, foi levado para a Central de Flagrantes.

De acordo com os policiais, a dupla estava numa motocicleta Honda Fan preta e, durante a tentativa de abordagem, o piloto acelerou, mas os dois acabaram sendo cercados.

“No momento da abordagem, ele (Elivelton) tentou sacar a arma que estava na cintura. O outro policial atirou e o atingiu no ombro”, explicou um dos policiais.

De lá, ele foi levado ao PSVG, onde passou pelo box de emergência, mas morreu em seguida.

Segundo os policiais, Ana Cláudia fazia compras no mercadinho. Ela estava próximo do caixa com os produtos para fazer o pagamento, quando ocorreu a reação de um cliente e os bandidos atiraram, mas erraram o alvo.

Os policiais não informaram se Larrisa continua internada – o menor, por sua vez, nem chegou a ser medicado.

Conforme policiais que atenderam a ocorrência, assim que o assaltante foi baleado, eles o encaminharam para o PSVG, levando o adolescente em outra viatura.

Ao chegarem na entrada do PSVG, os dois foram reconhecidos como autores do assalto, por testemunhas que acompanhavam as duas mulheres baleadas.

Populares ficaram revoltados e tiveram um ataque de fúria, abrindo a tampa da viatura e espancando o adolescente com vários chutes e murros no rosto.

Para acabar com a confusão, um dos PMs teve que atirar para o alto e, com isso, conseguiu acalmar os ânimos das pessoas que estavam revoltadas com o adolescente.

Três são mortos em Cuiabá e Várzea Grande

Izabel Barrizon,  GD

Três pessoas morreram na noite de sexta-feira (24) na Baixada Cuiabana vítimas de violência. Todos foram baleados. Um dos crimes ocorreu em Várzea Grande, e vitimou um adolescente de 16 anos.
Internauta
Uma mulher baleada na quinta-feira (23), em um ponto de ônibus morreu no Pronto-Socorro da Capital. Silvana da Silva Macedo, 26, foi baleada na rua Tancredo Neves, no bairro São Sebastião, por volta das 20h40, conforme boletim de ocorrências da Polícia Militar.
Ela não resistiu aos ferimentos e morreu na unidade pública de saúde na noite de sexta-feira (24). Nenhum suspeito foi identificado.
Eangre Paulo Santana, 33, foi assassinado no bairro Santa Izabel. Vítima foi baleada na rua, durante a noite de ontem (24). Suspeitos foragiram.
Em Várzea Grande, o adolescente Denilson da Conceição, 16, morreu depois de ser atingido por disparos de arma de fogo. O crime ocorreu por volta das 21h, na rua Brasil do bairro Parque das Nações. Vítima foi atingida no rosto e costas. Equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) constatou a morte no local.
Além desses crimes, o Instituto Médico Legal (IMl) registrou a morte de Ana Claúdia da Silva, 27, baleada na última quarta-feira (23) em um supermercado, junto com outras duas pessoas. Ela morreu em um hospital particular de Cuiabá, na tarde de ontem (24).
Daniel Inocêncio Ferreira, 26, vítima de tiros, vindo do interior do Estado, também morreu após internação no Pronto-Socorro de Cuiabá. Os crimes estão sob investigação da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Vereador cuiabano administrando um trambicão milionário e "mamando" há anos em prefeituras de Cuiabá e VG 

 A denúncia é do site ODOCUMENTO - Procuradores do Ministério Público (MPE) terão o fim de semana para ponderar sobre como pode um vereador como Adevair Cabral, ser o “dono” da Aspe -- associação de servidores municipais -– de forma que todos os meses recebe em folha cerca de 370 mil de repasse, sem prestar o mínimo de contas, sem atas, contabilidade, controle... A Aspe é supermercado, lojas, clube, postos de combustíveis, e até fatoring, empresta dinheiro a sabe lá quanto de juros. Os servidores municipais são reféns [muitos há décadas] de contas que o vereador, o manda-chuva, diz quanto é, e como devem ser pagas. O clube Aspe, na Várzea Grande, é uma chácara que está em nome de Adevair, assim como todo o patrimônio: a Associação não tem nada (ou quase nada). Advair é presidente há anos e os descontos em folha salarial é permitida por prefeitos há várias e várias gestões.


======================

NATAL ANTECIPADO E RECHONCHUDO!
 Na quarta-feira(22), escondidos do povo,mesmo estando num estádio com jogo do Corinhians, deputados tramaram os primeiros acertos que levaram ao arquivamento das CPIs Iraí Maggi, Trimec e Nhambiquaras


 Do Gazeta Digital - Cerca de 15 dos 24 deputados estaduais formaram o quórum necessário para mais uma sessão. Pena que não no Plenário da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, onde deveriam estar, mas na Arena Pantanal, estádio que recebeu o jogo Corinthians e Vitória pela Série A do Campeonato Brasileiro de Futebol. O horário da partida, 18h30, coincidiu com o da sessão e aí a concorrência acabou ficando desleal. Consta que depois da "sessão extraordinária", satisfeitíssimos ao extremo,  todos os parlamentares se dirigiram  a tribuna de honra do estádio, onde assistiram a partida junto com o minguado público que compareceu à Arena, ou seja, menos de 500 torcedores.
NA PARAÍBA 
Pedreiro sequestrado, estuprado, torturado e executado com fogaréu na cabeça


JOÃO PESSOA -  A cidade de Pitimbu registrou duas mortes e assaltos nesta semana. Na manhã da quinta-feira (23) um homem identificado como ‘Marcos Pedreiro’, de aproximadamente 35 anos, foi assassinado na comunidade Novo Monte em Alhandra. A vitima foi encontrada sem roupas em uma estrada da comunidade e com o rosto completamente queimado. Colocaram material plástico na cabeça dele e tocaram fogo. Ainda de acordo com informações, Marcos estava a caminho do trabalho, quando foi sequestrado, violentado, torturado e executado.
Ely Santantonio 
Curto&Grosso 

 A NOITE EM QUE A TERRA PAROU- De acordo com fonte do Cacetão Cuiabano, o deputado José Riva (PSD), um homem sempre corajoso, correto e notabilizado por honrar compromissos assumidos, sejam políticos ou comerciais, passou por verdadeiro sufoco na noite de quinta-feira (23), na sua mansão no bairro Santa Rosa//////////////Segundo a fonte, tão logo descarregaram (de avião) a primeira de três grandes parcelas  - combinadas com o REI DA SOJA, Eraí Maggi, até então apreensivo com os risco de ver seu IMPÉRIO esfacelado -   na sede de uma fazenda na Baixada Cuiabana, e o nobre parlamentar teve acesso às sacolas com os maços de dinheiro, ainda na quinta à tarde, uma das suas primeiras preocupações foi cumprir o acordo assumido com alguns colegas da AL (parte significativa do acordão global) para engavetamento das CPIs em pauta na Cada de Leis, já em andamento nesta sexta(24). E também passou a retornar alguns telefonemas "selecionados" de pessoas ansiosas por receber dívidas referentes à última campanha. Os famosos TOP de Elite/////////////// De um lado ou de outro a existência da "bufunfa" vazou e, horas após chegar à  sua mansão no luxuoso bairro Santa Rosa, em Cuiabá, quando preparava para receber os primeiros "convidados TOP", Riva foi alertado por seguranças que os muros da mansão estavam cercados por pessoas de todos os "naipes" procurando por ele e, lógico, querendo receber compromissos bem atrasados. E nada adiantava os "seguras" afirmarem que o parlamentar não se encontrava no local, que tinha viajado para o interior, etc., etc., etc...../////////////Consta, conforme a fonte, que não restou outra alternativa ao deputado a não ser se "pirulitar" por uma SAÍDA DE EMERGÊNCIA, que tem acesso a uma outra residência menos luxuosa aos fundos, pertencente a um amigo do parlamentar////////////NEM PARA PARENTES - Mauro Zaque, que responde pelo Núcleo de Defesa do Patrimônio Público da Probidade Administrativa do MPE e concorre ao cargo de procurador-geral de Justiça, negou nesta sexta (24) ter participação na indicação de advogados para Eder Moraes, o Homem Bomba. Sustenta que o depoente apareceu acompanhado por Paulo Lessa e que não mantém relações com nenhum dos envolvidos no caso. “Não sou amigo do Paulo Lessa e muito menos do Eder Moraes. Essa indicação nunca existiu. Não indico advogado nem para meus parentes para evitar comentários negativos”, garantiu o promotor.///////TAQUES, O REI DA MENTIRA! - Assim como disse que não vai "meter a colher" na disputa pela Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, o governador eleito Pedro Taques (PDT), afirmou na noite de quita (23) que não pretende interferir, direta ou indiretamente, na disputa pela sucessão do procurador Paulo Prado, no comando do Ministério Público Estadual (MPE////////////////////GRÁFICA DE SILVAL ABASTECERAM WALACE- Nota do DEM varzea-grandense revelou revelou que o Governo Silval Barbosa patrocinou a campanha de Wallace Guimarães (PMDB) em 2012 através de um esquema de lavagem de dinheiro através de gráficas(Print, Defanti, entre outras) que prestam serviços ao palácio Paiaguás, com suspeitas de pertencerem ao próprio governante, administradas ocultamente por um dos seus filhos.
Massacre de mulheres no Ceará. Quatro mortas! 

 Quatro mulheres foram mortas no Ceará,  na quinta(23). As vítimas foram assassinadas em Fortaleza, Caucaia, na Região Metropolitana e em Santana do Cariri (a 556 Km de Fortaleza). Na Grande Messejana, uma mulher que havia sido violentada durante a madrugada, morreu por volta das sete horas a espera de uma ambulância, na Rua Willis Saraiva, no bairro Parque Santa Maria. De acordo com a Polícia, a vítima, que ainda não foi identificada, teria sido apedrejada por um homem, com quem tinha saído na noite anterior. No começo da manhã Aílza Marques de Melo foi baleada dentro de casa enquanto brincava com duas crianças, de aproximadamente quatro anos. O crime aconteceu no Lagamar. O principal suspeito é o ex-companheiro da mulher, que seria um ex-presidiário. Populares informaram que o homem chegou ao local em uma moto e, através da grade do portão da residência, fez vários disparos. Segundo o perito Antoniel, a mulher ainda chegou a ser levada ao Instituto Doutor José Frota (IJF) mas já chegou morta na unidade hospitalar. Por volta das 11 horas,também da quinta, outra mulher foi encontrada morta com quatro golpes de facão golpes pelo corpo, no Distrito de Primavera, em Caucaia, município da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF). O cadáver foi descoberto por agricultores que faziam uma colheita de palhas de carnaúba. O corpo estava despido, o que levanta a hipótese de que a vítima teria sido violentada sexualmente. Falta a identificação.Em Santana do Cariri, mais um corpo do sexo feminino foi encontrado despido e com indícios de violência sexual. A vítima foi identificada como Maria Betânia Félix, 31. O cadáver foi localizado em uma estrada carroçável na Zona Rural do município. Peritos confirmaram uma perfuração a bala na cabeça da mulher.
EM ALAGOAS 
GAROTA TIRA A PRÓPRIA VIDA POR ENFORCAMENTO APÓS DESCOBRIR FOTOS  NA INTERNET EM QUE ESTAVA NUA COM TRÊS RAPAZES



 MACEIÓ (Fatos em Foco) - A jovem Nayara Lopes, de 25 anos, residente em Santana do Ipanema(AL), cometeu suicídio por enforcamento. O fato aconteceu por volta das 11h40, quando familiares acionaram a policia, que ao chegar ao local encontrou a jovem pendurada em uma corda  e amarrada no caibro do telhado da casa. O motivo pelo qual a jovem teria tirado a própria vida foi porque fotos intimas em que ela estava nua em cenas de sexo num quarto com três rapazes foi postada no zap zap. A polícia agora investiga o caso, no intuito de saber quem postou as fotos nas redes sociais. 

Ely Santantonio
Curto&Grosso

VENDILHÕES, DESAVERGONHADOS E MARACUTEIROS?????A bola foi cantada aqui no Cacetão Cuiabano com dias de antecedência. E deu na cabeça: Um acertão magistral, envolvendo milhões em grana viva, que propiciarão gordo natal aos parlamentares da AL-MT, tornou-se evidente antes do prazo estipulado, que seria neste final de semana/////////////////////Ontem mesmo, na quinta (23), tudo já estava consumado... Nenhuma das três CPIs sairá do papel. Jorrou dinheiro de todo lado, vindo desde o REI DA SOJA Iraí Maggi ao governador Silval Barbosa, seu sócio "laranja" Wanderley da Trimec, até a poderosa família Botelho, alicerce de Rômulo Botelho, um dos donos da Construtora Nhambiquara, que por sua vez tem também como sócio o senador Jayme Campos////////////////////////A parceria entre Jayme e a família Botelho inclui empresas de ônibus, fazendas, predios e casas no aluguel, além de outros empreendimentos rendosos, e vem desde a época em que Jayme foi governador e criou o Grupo Nhambiquaras com os irmãos Botelho, para faturar milhões com o Linhão ligando a Capital ao Nortão do Estado//////////////// Resumindo, por insuficiência de assinaturas e outros impedimentos a mais, as três CPIs recém-criadas com grande estardalhaço foram devidamente engavetadas, arquivadas, numa vergonhosa ação dos NADA NOBRES parlamentares mato-grossenses, habitantes de uma casa tida como DO POVO, onde, infelizmente, impera TRAMBIQUES, ARRANJOS e MARACUTAIAS capazes de arrepiar pelos até do Capeta//////////////////ANTES TARDE QUE NUNCA - Os empresários mato-grossenses Darci Vedoin, Luiz Vedoin – pai e filho - e Ronildo Pereira foram condenados a 13 anos, cinco meses e 10 dias de prisão, em regime inicialmente fechado, devido à participação no esquema que ficou conhecido como “Máfia das Sanguessugas”. A decisão é do juiz Ali Mazloum, da 7ª Vara Federal Criminal de São Paulo, e foi proferida na última quinta-feira (16). ///////////////////////////////////////////TAQUES EMBROMADOR- O empresário Paulo Fiúza, que tenta na Justiça garantir a primeira suplência de Pedro Taques (PDT), afirmou  que demorou 3 anos para entrar com a ação pois esperava uma intervenção política do senador pedetista para resolver o imbróglio. Fiúza garante que Taques não tem envolvimento com a ‘fraude’ na ata, mas declarou que o senador foi ‘omisso’ na busca por uma solução para o problema formal. /////////////WALACE NA "PICA DO SACI" - Resta pouco tempo para que o prefeito de VG, Walace Guimarães seja cassado. Nesta quinta(24) o partido Democratas emitiu uma nota sobre a ação que move contra o prefeito  por acusação de prática de suspeita de abuso de poder econômico e suposto "caixa dois". "O senhor Walace Guimarães fala pela imprensa que o seu sigilo bancário e de seu grupo político e econômico estão a disposição da Justiça e, perante a Justiça, faz o contrário, promovendo inúmeras medidas para impedir a efetivação das quebras dos sigilos bancários", diz trecho da nota.///////////////////O RECUO DE SAVI - Após a bronca pública do deputado estadual Emanuel Pinheiro (PR), que criticou a falta de debate interno no PR sobre a eleição da Mesa Diretora, o deputado estadual Mauro Savi adotou um discurso mais humilde em relação a sua candidatura à presidente da Assembleia Legislativa (AL). Após visita do governador eleito Pedro Taques (PDT) ao parlamento estadual, Savi disse que o PR ainda vai escolher o seu nome para compor a Mesa Diretora.///////////////////////

quinta-feira, 23 de outubro de 2014


Maksuês Leite denuncia trama diabólica da equipe econômica de Silval Barbosa para colocar MANDIOCÃO POCONEANO  no "fiofó" de Pedro Taques

 O site ODocumento, de Maksuês Leite, denunciou nesta quarta (23), na coluna REGISTRO GERAL: Fontes palacianas revelaram a coluna um plano em curso, prá lá de maldoso, contra a futura gestão do governador eleito, Pedro Taques (PDT). Explica-se: Com pretexto de evitar o rótulo de restos à pagar (proibido pelo artigo 42 da LRF), a equipe econômica da atual administração estaria orientado os secretários de Estado a cancelarem, em massa, milhares de notas fiscais já empenhadas por serviços prestados ao governo estadual nos anos de 2012 a 2014. A justificativa seria, segundo as mesmas fontes, erro administrativo no ato do empenho fiscal. Com essa jogada, a gestão de Silval Barbosa (PMDB) deixaria sem o devido pagamento mais de R$ 400 milhões a prestadores de serviços, fornecedores e terceirizados. O calote "camaleão", se confirmado, provocará uma enxurrada de ações na Justiça contra o Estado e, neste caso, a bomba relógio explodirá no "cólo" de Pedro Taques.



BAIXARIAS EM VÁRZEA GRANDE 

Esposo de vereadora chama vereador Fabio Saad de “bicha louca” e presidente da Câmara de incompetente


  Vereador Fábio Saad

Sérgio Allend – popular Sérginho do São Matheus, esposo da vereadora de Várzea Grande, Miriam Pinheiro (PHS) utilizou a rede social “facebook” na quarta (22) para criticar e chamar o vereador Fábio Saad (PTC) e o presidente da Casa de Leis, Waldir Bento (PMDB) de arrogantes e covardes. Ainda conforme a postagem, ele está arrependido de ter pedido para a esposa ajudar Waldir Bento quando afastado da Presidência da Câmara de Várzea Grande, já que o peemedebista é arrogante, sem futuro e incompetente. Sergio baixou ainda mais o nível, quando Saad comentou o seu post  com uma reportagem onde mostrou a prisão de um irmão de Sérgio, acusado de homicídio em Várzea Grande. Em resposta, Serginho o chamou de "bicha louca".
PALMAS (TOCANTINS) 
Inconformado com fim do romance, jovem de 21 anos, mata ex-namorada a facadas e depois corta a própria garganta

 
Um crime bárbaro aconteceu na tarde desta quarta-feira, 22, no setor Lago Azul em Palmas. De acordo com as primeiras informações apuradas, um jovem identificado como Adriano Alves de Sá, de 21 anos, feriu a ex-namorada com vários golpes de faca e em seguida tentou suicídio, atingindo o próprio pescoço com a mesma arma. A mulher, Valdiene Silva, de 27 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu ainda no local. Já o autor do crime, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para o Hospital Geral de Palmas (HGP). Segundo informações, a motivação do crime teria sido porque o rapaz não aceitava o fim do relacionamento dos dois, que durou nove meses. Após o término, Adriano teria tentado várias vezes reatar com Valdiene e nessa última tentativa, iniciaram uma discussão quando o acusado esfaqueou a ex-namorada. (O Norte)
RIGIDEZ OU FINGIMENTO??? 
Governador eleito Pedro Taques recusa "mimo" de Dorilêo Leal avaliado em R$ 3.500,00 

 O governador eleito Pedro Taques (PDT) dispensou como presente , durante entrevista ao Grupo Gazeta de Comunicação, do empresário Dorilêo Leal, no programa de rádio Tribuna CBN da emissôra AM com o mesmo nome, uma caneta da marca Mont Blanc de presente para assinar seu primeiro ato como chefe do Executivo no Estado, em 2015. Custo do mimo: R$ 3.500,00 . “Eu nunca tive uma caneta Mont Blanc e não quero ter, nunca tive e não tenho vontade de comprar”, disse Taques quando indagado pelo apresentador da CBN Cuiabá sobre "Qual será o primeiro ato que o senhor vai assinar com sua Mont Blanc"? E na sequência, recusando o presente de Dorilêo: “Não. Se me derem de presente, vou doar para a Academia Mato-grossense de Letras”, respondeu firme, deixando o radialista com "cara de tacho".
Ely Santantonio
Curto&Grosso

O presidente em exercício da Assembleia Legislativa, deputado Romoaldo Junior (PMDB), defendeu, nesta quinta-feira (23), a formação de uma chapa única para disputar a Mesa Diretora no próximo ano. //////////CHIQUINHO QUER "MANUSEAR" - Chico Galindo tá com mãos coçando para assumir uma pasta no governo Pedro Taques. Mas deixou bem claro: Fazenda ou Sinfra////////O deputado Mauro Savi reafirmou pela união dos 13 parlamentares de oposição, numa chapa disposta a receber dissidentes.///////////////HOMENS MISTERIOSOS SEGUINDO RIVA - Preocupado, na terça(21), o deputado José Riva trocou de carro e motorista logo após sair de casa. Ao presidente em exercício da AL, Romualdo Junior, confidenciou que há cerca  de uma semana desconfia  estar sendo seguido nas ruas de Cuiabá por três carros em revesamento contínuo. Um deles   todo preto... A sequência de acompanhamento passou a ocorrer depois de um encontro "secreto" com Eraí Maggi (na foto ao lado de José Riva) numa das fazendas do primo Blairo, semana passada, quando foi dado o primeiro passo para um "REACERTO LEGAL" entre os dois amigos de infância e juventude, hoje protagonistas de uma batalha que, se não apaziguada a tempo resultará no esfacelamento do império financeiro do "Rei da Soja". Quando jovens, vivendo em fazendas em Juara, vizinhos e amigos de toda hora, Riva e Eraí por várias vezes foram surpreendidos por vaqueiros "papando" novilhas no pasto. Fato relembrado pelo senador Blairo Maggi, ao intermediar uma reconciliação entre os dois  antigos "comedores" de vaquinhas e éguas virgens///////////PREFEITO FERRADO - Apostas de que Walace Guimarães não emplacará 2015 na Prefeitura de VG, estão a 10 por 1 nas bolsas cuiabana////////// Disposto a cortas despesas, o governador eleito Pedro Taques revelou nesta quarta(22) que em mesmo a principal proposta para a Saúde Pública, que é a construção de um hospital estadual em Cuiabá, está garantida para sair do papel em 2015.//////////////////VIDA DOURADA - Nem aí para os pepinos envolvendo seu nome em Mato Grosso, o chefão Aldo Locatelli curte sua big mansão em Camburiu (SC), acompanhado de amigos e familiares.////////////////SÓ LARÁPIOS No Paiaguás, Alencastro, AL e prefeituras no interior... Ao analisar episódios recentes de corrupção em Mato Grosso, o promotor de Justiça Mauro Zaque (Foto, do MPE), avaliou que uma organização criminosa se infiltrou no poder misturando interesses públicos com privados./////////////////CARA DE BARBOSA - Construído para ser usado na Copa do Mundo 2014, o Centro Oficial de Treinamento da Universidade Federal de Mato Grosso – COT da UFMT ainda não foi concluído e já apresenta problemas. O gramado está seco e cheio de pragas. Orçado inicialmente em R$15,8 milhões, o COT da UFMT pode chegar ao valor de R$19 milhões./////////////////
CRUELDADE EM RONDÔNIA 
CADÁVERES DE CRIANÇAS DESAPARECIDAS ENCONTRADOS DENTRO DE UM POÇO


 PORTO VELHO - Terminou de forma trágica a busca por duas crianças que estavam desaparecidas desde o dia 11 deste mês, na Capital. Os garotos foram identificados como sendo Amós Oliveira Pereira, 13 anos e Fábio Henrique de Souza Lima, 12 anos. Familiares se desesperaram ao ver a retirada dos corpos de dentro da cisterna. Há indício que foram violentados, mortos e jogados dentro de um poço no bairro Escola de Polícia, na periferia. A polícia investiga o duplo assassinato.

Ely Santantonio
Curto&Grosso


HORA DE FATURAR - R$ 1 MILHÃO custará cada voto de um deputado na escolha da nova Mesa Diretora da AL. Para os que decidirem mudar de lado, ou seja, deixar o grupo dos 11 e passar para o grupo dos 13, ou vice-versa, as cifras já estão em torno de R$ 2,3 milhões. Com muitos deles atolados em dívidas de campanha, a hora é agora////////////////// TOCO DESEMPREGADO - Pedro Taques informou na quarta (22) que ainda é cedo para "desenhar" como será a reforma administrativa, mas já decidiu que vai acabar com os "superpoderes" da Vice-Governadoria e extinguir a Lemat///////////////// VENHA A NÓS - Para deputado federal Nilson Leitão, como a sigla foi uma das mais votadas e ajudou a eleger Pedro Taques, a indicação de um secretário é o mínimo que se pode esperar do novo governo/////////////////// TAMBÉM QUERO O MEU!!! - Nos bastidores da AL-MT, sabedores que o engavetamento da CPI do IRAÍ só ocorrerá mediante repasse de uma FORTUNA COMPENSATÓRIA (montante superior a R$ 6 milhões, segundo fonte do Cacetão Cuiabano), alguns parlamentares de diferentes siglas já fincaram o pé, relutantes em deixar que tudo se transforme em pizza por lá... Consta que um deles, Walter Rabelo (PSD) foi explícito ao garantir que não volta atrás na CPI Nhambiquaras, disposto até a "botar a boca no trombone" caso a mesma seja arquivada. Se José Riva e Iraí Maggi (FOTO) não forem "genero$í$$imo$s" o caldo engrossará ainda mais!///////////////////ELE ERROU - O governador Silval Barbosa (PMDB) admitiu que cometeu equívocos em áreas importantes. Uma delas: a comunicação.//////////////MILIONÁRIOS - A revista Forbes recolocou na recente lista dos políticos mais ricos do Brasil o senador Blairo Maggi (PR) e o prefeito licenciado de Lucas do Rio Verde Otaviano Pivetta, que aparecem na segunda e quarta colocações, respectivamente. O patrimônio líquido de Maggi é estimado em $ 960 milhões de dólares.Otaviano Pivetta é o quarto da lista com patrimônio líquido de $ 100 milhões de dólares.////////////////////
Em Mato Grosso

PM mata suspeito de roubo; Comparsa quase é linchado

Izabel Barrizon, Gazeta Digital

Suspeito de cometer um assalto em um supermercado em Várzea Grande na noite de quarta-feira (22) morreu depois de ser baleado por um policial militar durante abordagem. Elivelton Mendonça Passaglia, 18, teria reagido à abordagem. Ele morreu no Pronto-Socorro da cidade.
4º BPM
O suposto comparsa dele, J.C.M.C, 17, quase foi linchado por parentes das vítimas do assalto. No roubo ao supermercado, no bairro Jardim dos Estados, 3 clientes ficaram feridos após troca de tiros entre os ladrões e uma pessoa não identificada.
As vítimas baleadas no assalto foram levadas para o Pronto-Socorro Municipal. O roubo ocorreu por volta das 19h30. Horas depois, por volta das 21h, uma guarnição da Polícia Militar do 4° BPM abordou 2 suspeitos em uma motocicleta, Elivelton e o menor.
Na revista, Elivelton teria sacado um revólver calibre 38. Antes que atirasse contra os policiais, um soldado efetuou 2 disparos. Apenas 1 teria atingido o rapaz no ombro. A guarnição encaminhou o jovem até o Pronto-Socorro, junto ainda estava o adolescente.
Na unidade pública de saúde, parentes das vítimas baleadas no assalto ao supermercado teriam identificado o menor como sendo um dos autores do crime, e partiram para cima dele. O linchamento foi contido pelos policiais, que tiveram que efetuar um disparo. Entretanto, o menor sofreu escoriações pelo corpo e teve que ser medicado. A confusão ocorreu em frente ao hospital.
O jovem baleado foi atendido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu horas depois. O menor foi encaminhado para a Central de Flagrantes.

VEREADOR VALENTÃO PRESO EM MATO GROSSO 

Marcos Palácio já foi secretário de Educação de Juruena

O vereador do município de Juruena (880 km a Noroeste), Marcos José Palácio, foi preso em flagrante pela Polícia Judiciária Civil, na tarde de quarta-feira (22.10), por porte irregular de arma de fogo. A prisão aconteceu após várias denúncias de que o vereador frequentemente andava armado, intimidando diversas pessoas pela cidade. Diante das informações colhidas com populares, uma equipe de investigadores passou a monitorar o vereador e o abordou em uma das ruas da cidade. No interior do veículo do político, foi encontrada uma pistola marca Taurus, calibre 380, 30 projéteis intactos e dois carregadores. O vereador foi conduzido à Delegacia de Juruena e autuado em flagrante pelo crime de porte irregular de arma de fogo, sendo arbitrada a fiança de 5 salários mínimos para responder em liberdade.
Ely Santantonio
Curto&Grosso

DESGRAÇA DE UNS, ALEGRIA DE OUTROS - A equipe de transição de Pedro Taques esteve na terça (22) nas secretarias de governo e o clima foi de apreensão entre os servidores. Corredores ficaram lotados de comissionados e efetivos... Cerca de 20.000 serão demitidos em menos de 18 meses, para dar lugar aos "arranjos" do novo governo.///////////////////////CADEIRA EM JOGO - O juiz da 58ª Zona Eleitoral da Comarca de Várzea Grande, Otávio Vinícius Affi Peixoto, foi notificado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MT), para cumprir decisão superior e inserir nos autos de investigação por suposto uso de caixa dois nas eleições de 2012, contra o prefeito Walace Guimarães (PMDB), as provas obtidas por meio da quebra de sigilo bancário dos principais doadores e coordenadores de campanha do peemedebista. A decisão foi do juiz Lídio Modesto, ante negativa do juiz varzea-grandense.//////////////////Rei da Soja X Rei dos Votos - Este final de semana será decisivo para resolver o embate José Riva X Eraí Maggi. A expectativa é que o "rei da soja" abra os cofres e ajude Riva a sair do sufoco causado por dívidas eleitorais. São SEIS MILHÕES de motivos para que a amizade entre os dois volte a produzir bons frutos em Mato Grosso, e centenas de cabos eleitorais, agiotas,  empresários e lideres políticos interioranos  endividados e já de língua pra fora voltem a sorrir.////////////////FIM DAS OUTRAS CPIs - Resolvendo este principal entrave, as demais CPIs (há um acordo geral nesse sentido) serão todas arquivadas, com possibilidade apenas de uma ser reativada a partir de janeiro, com os novos deputados: CPI da Trimec.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

NOSSOS NOVOS TELEFONES!

Para denunciar, informar, participar, ligue e fale com o editor:

65-96120286
65-99671885


CIRCULANDO NA GRANDE CUIABÁ


 Vem sendo distribuídas em Cuiabá e VG as novas edições das revistasLiberal e DIÁRIO DO POVO.
Procure seu exemplar nas bancas ou leia num dos locais de distribuição: Imprensa, sindicatos, órgãos públicos e conveniências...
FATURANDO TAMBÉM COM ALUGUÉIS
 Toninho Barbosa, "testa de ferro" e irmão do governador Silval Barbosa, despeja casal em Cuiabá por falta de pagamento de aluguel 


 O mega-empresário do ramo de mineração, agronegócios e outros, Antônio da Cunha Barbosa, apontado em investigações da PF como chefão "laranja" e TESTA DE FERRO em negócios do irmão governador de Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB), conseguiu na Justiça uma ação de despejo para retirar de um dos seus imóveis um casal. Trata-se de um apartamento localizado no Edifício Ypiranga Plaza, no bairro Goiabeiras, em Cuiabá. O imóvel foi alugado no dia 17 de fevereiro deste ano pelo marido que incluiu a esposa como fiadora da obrigação. O contrato com vigência de 12 meses cobrava valor de aluguel de R$ 2,2 mil com vencimento dia 20. No entanto, não houve o pagamento dos alugueis de abril e maio bem como de taxas de condomínio e IPTU. 

O empresário Antônio Barbosa ainda alegou que sofreu danos de ordem moral com o descumprimento do contrato. O magistrado observou que não havia dúvidas em relação à inadimplência do aluguel diante da documentação anexada a ação de despejo com cobrança de aluguéis em atraso encargos contratuais. Por conta disso, determinou a rescisão do contrato de locação e o despejo do casal. Ambos tem o prazo de 15 dias para desocupação voluntária e a efetiva devolução do imóvel ao autor. Houve ainda condenação ao pagamento dos aluguéis vencidos e todos os encargos a partir de abril até a data da efetiva desocupação do imóvel. Os locatários ainda deverão arcar com o pagamento das custas processuais e 10% do honorário advocatícios.

PEDRO TAQUES CORRE RISCO DE SER CASSADO ANTES DA POSSE 
TRE investiga governador eleito  por compra de votos e uso de Televisão do amigo e chefão mafioso Aldo Locatelli


 Três ações de investigação judicial contra o governador eleito, Pedro Taques (NA FOTO COM ALDO LOCATELLI), foram acatadas pela corregedora do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), desembargadora Maria Helena Gargalione Póvoas, e se forem julgadas procedentes lá na frente podem resultar na perda do mandato do pedetista. Duas delas, são por supostos crimes de "compra de votos" e abuso de poder econômico nas eleições 2014 e outra por uso indevido dos meios de comunicação social. Os 3 processos foram propostos por Lúdio Cabral (PT), que disputou o governo do Estado contra Taques e ficou em segundo lugar na disputa. O vice de Taques, o produtor rural Carlos Fávaro (PP), também é réu nas 3 ações, enquanto o empresário do setor de combustíveis, Aldo Locatelli, apoiador da campanha de Pedro Taques, foi acionado em 2 processos. O marqueteiro Antero Paes de Barros (PSB) também figura no polo passivo em um processo envolvendo o suposto uso indevido da TV Pantanal nas eleições. 

Também são réus, cada um em um processo, o produtor rural, Elizeu Zulmar Maggi Scheffer, doador da campanha do pedetista e a economista e blogueira Adriana Vandoni (PDT), que disputou uma vaga na Assembleia Legislativa, mas não foi eleita. A corregedora do TRE, proferiu decisão nos 3 processos no dia 16 deste mês, no sentido de aceitar as denúncias destacando existir indícios da existência dos crimes denunciados por Lúcio Cabral e sua banca de advogados. “Recebo a inicial, eis que relatados fatos e apontados indícios aptos a autorizar a abertura de investigação judicial tendente a apurar suposto abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágio”, destacou a magistrada no processo onde os autores dizem que Taques discursou em um showmício realizado no dia 3 de maio de 2014 no município de União do Sul, na Fazenda Santa Tereza, propriedade de Elizeu Zulmar Maggi Scheffer. 

 Nesse evento, segundo a denúncia, também teriam sido gratuitamente distribuídos alimentos e bebidas a centena de eleitores, além de oferecido amplo entretenimento musical, tudo “voltado à promoção extemporânea da candidatura do investigado Pedro Taques, que não teve nenhum escrúpulo em subir no palanque e fazer um exaltado discurso eleitoral". Na mesma ocasião, sustentam os autores, ter ocorrido abuso de poder político, consistente na utilização de ônibus escolar da Prefeitura de União do Sul para deslocamento de eleitores àquela fazenda, bem ainda no destacamento de contingente da Polícia Militar, que teria se ocupado da segurança daquele evento particular com conotação eleitoral. A decisão da magistrada foi semelhante nos outros 2 processos, recebendo a inicial para que possam ser investigadas as denuncias oportunizando aos réus a oportunidade de apresentar defesa e provas contra as acusações queu pesam contra eles. Pedido de liminar formulado por Lúdio requisitando informações à Prefeitura de União do Sul e ao destacamento da Polícia Militar relativamente à utilização do ônibus escolar e aos serviços prestados por policiais foi negado. 

A magistrada entendeu que não existiam elementos necessários para conceder a liminar. No processo que tem Vandoni e Locatelli como réus, as acusações são de que no dia 17 de setembro de 2014 o representado Aldo Locatelli realizou “uma grande festança de caráter nitidamente eleitoral, com farta distribuição de bebidas e comidas" em um de seus postos de combustíveis, localizado no Km 16,3 da BR 364, o qual se encontrava todo ornamentado de cartazes e adesivos dos candidatos investigados. “Recebo a inicial, eis que relatados fatos e apontados indícios aptos a autorizar a abertura de investigação judicial tendente a apurar suposto abuso de poder econômico e captação ilícita de sufrágio”, despachou a corregedora. 

 No caso da ação por suposto uso indevido da TV Pantanal, os advogados de Lúdio justificam ser a ação necessária para apurar “evidente e acintosa" utilização indevida da TVPantanal "apta a comprometer a normalidade e a legitimidade das eleições". Asseveram que a emissora que seria de propriedade de Aldo Locatelli e que estaria servindo de instrumento de veiculação de propaganda eleitoral negativa de Lúdio “eis que dois de seus apresentadores e comentaristas, Antero Paes de Barros e Igor Taques (apontados, respectivamente, como marqueteiro da campanha política e sobrinho do ora representado José Pedro Gonçalves Taques), estariam ridicularizando o adversário Lúdio Cabral, sempre lhe direcionando comentários desairosos e negativos, dele tripudiando publicamente”. A defesa do petista alega que Antero e Igor estariam os citados comentaristas da TV Pantanal promovendo a candidatura de Pedro Taques, o que consistiria violação da Lei Complementar nº 64/90.