Contador de visitas

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

NO TOCANTINS 
Policial morto a golpes de facão numa fazenda ao interferir em briga de vizinhos 


 O escrivão da Polícia Civil do Tocantins, José do Bonfim Nazareno Ribeiro, de 54 anos, foi assassinado  em uma fazenda a 22 km de Dois Irmãos do Tocantins. A Polícia Militar informou que ele foi sozinho atender a uma ocorrência no local. Após tentar resolver um conflito envolvendo moradores, o policial foi morto com três golpes de facão e um tiro de arma de fogo. O principal suspeito é Adoan da Silva. A polícia disse que moradores da zona rural, onde o fato aconteceu, acionou a polícia porque um homem havia atirado em uma vaca do vizinho. Ao chegar no local, Ribeiro tentou apaziguar a situação e desarmar o suspeito, que estava com uma espingarda, foi quando aconteceu o crime, segundo a PM. Uma testemunha que viu a agressão correu para avisar os vizinhos e chamar a polícia. Ao chegar à fazenda, a polícia encontrou Ribeiro morto. Dois golpes de facão atingiram a cabeça da vítima e o outro, a região lombar. O disparo de arma de fogo atingiu as costas do policial.
Homem grávido faz sucesso na web ao substituir mulher em ensaio fotográfico 

 Um marido “grávido” está fazendo sucesso na web, após substituir sua mulher na sessão de fotos para registrar momentos da gravidez. Galeria de imagens foi reproduzida mais de 2,2 milhões de vezes na web. Bastante criativo, o usuário da rede social Reddit, identificado apenas como “DruishPrincess69”, publicou as imagens em seu perfil e deu poucas informações sobre as fotos. O que se sabe é que ele resolveu tirá-las após sua mulher se negar a contratar um fotógrafo para tirar fotos da gravidez. Sendo assim, ele a “substituiu” em um ensaio divertido e delicado. Nas imagens, ele posa só de cueca, exibindo a barriga, esconde os seios como se fosse uma mulher, e até aparece devorando um pote de sorvete representando os “desejos” que as mulheres têm durante a gestação. “Como minha mulher não queria tirar as fotos da gravidez, contratei um fotógrafo e tomei o lugar dela”, escreveu o homem na postagem original. Em menos de 24 horas, as foram acessadas mais de 2,2 milhões de vezes.
Manequim de 75 anos causa arrepios no México 
Lenda diz que menina foi usada como manequim no México

A cidade mexicana de Chihuahua guarda um história, ou melhor, uma espécie de lenda, sobre uma manequim que está exposta na vitrine de uma loja familiar de noivas, há 75 anos. Muita gente acredita que a boneca, na verdade, se trata da filha do dono do estabelecimento, que morreu no dia de seu casamento, depois de ser picada por uma viúva-negra. Os mais antigos na cidade não têm dúvidas: “La Pascualita, como foi apelidada a manequim, é o corpo da garota embalsamado. E os moradores não acreditam na história só porque ela surgiu na loja na mesma época em que a moça faleceu, mas pela semelhança impressionante entre ela e a filha do comerciante. A história de Pascualita ficou tão popular que se tornou mundialmente conhecida e muitas pessoas chegam a viajar até Chihuahua para conhecer a manequim. O assunto também já foi abordado por várias emissoras de TV do México e de outros países. Apesar do próprio dono da loja (já falecido) ter negado, há anos, a versão dessa história, os funcionários do lugar até hoje são proibidos de tocar na manequim. Além disso, detalhes da boneca, como os cabelos e a cor da pele; impressionam pelo aspecto realista que apresentam.
Esqueletos gigantes: Mistérios a serem desvendados

 A ciência descobre, dia após dia, a veracidade da Palavra de Deus. Os achados arqueológicos só confirmam a veracidade da Palavra de Deus. Arqueólogos de vários países estão estudando ossos de pessoas gigantes, encontrados no interior da Grécia. Parecem descobertas que no mínimo balançam as estruturas de toda a ciência. (Mundo da Arqueologia)
Na Bahia
 CAMINHONEIRO EXECUTADO POR PISTOLEIROS QUANDO JOGAVA DOMINÓ



 SALVADOR - O terceiro crime registrado na cidade de Conceição de Coité (BA), foi registrado na noite de quarta-feira (27) pela policia local. A vítima , Renivaldo Nascimento, 38 anos, o Rene Caminhoneiro, ou Rene de Aurelino, estava jogando dominó com outros colegas no Bar do Belo, na Rua Conselheiro Franco, em frente ao Colégio Ieda Barradas Carneiro, Bairro Açudinho, em Conceição do Coité, quando por volta das 20h40 surgiram dois homens vestidos de roupa escura e usando capuz, se aproximaram da mesa e a queima roupa fizeram vários disparos no rosto, braço, tórax e cabeça. A polícia não tem pistas dos pistoleiros e investiga os motivos da execução.
Vendendo Saúde!
 FOGOSAS PRESIDIÁRIAS PARANAENSES FAZEM FOTOS ERÓTICAS NA CADEIA E POSTAM NA INTERNET





Duas detentas da cadeia pública de Guarapuava, no Paraná, postaram várias fotos no Facebook. As imagens, publicadas em novembro do ano passado e em abril deste ano, foram tiradas dentro das celas e mostram as presas com roupas íntimas em poses sensuais. As presas receberam uma punição administrativa e tiveram os aparelhos celulares recolhidos.
Revista ISTOÉ vence na Justiça secretário de Silval arrolado em TRAMBIQUE MILIONÁRIO

A juíza da 14ª Vara Cível de Cuiabá, Ana Paula Cartola Miranda, negou pedido do secretário chefe da Casa Civil de Mato Grosso, Pedro Nadaf, para conceder tutela antecipada em ação de indenização por dano moral que lhe permitiria fazer uma retratação na revista IstoÉ por conta da publicação de uma reportagem que revelou indícios de  sua participação em um esquema milionário de corrupção quando era presidente da FECOMÉRCIO em Mato Grosso e já ocupava cargo de secretário no governo Silval Barbosa. No dia 9 de julho, a revista IstoÉ, de responsabilidade do Grupo de Comunicação Três S/A, publicou  uma página com a denúncia. Ao rejeitar o pedido de retratação exigido por Pedro Nadaf, a magistrada citou que não há comprovação de que houve má-fé na reportagem. LEIA A MATÉRIA:

PF investiga superfaturamento em compra de fazenda pelo Sesc

Investigação aponta que valor pago foi de R$ 20 milhões, enquanto o valor de mercado era de R$ 2 milhões

nadaf-superfaturamento2.jpg
 Pedro Nadaf era o presidente da Fecomércio em MT e assinou a negociação
A Polícia Federal encontrou indícios de que o Sistema S teria sido usado para abastecer o esquema de corrupção e lavagem de dinheiro investigado pela Operação Ararath em Mato Grosso. Em 2011, o Sesc Nacional comprou do empresário Rodolfo Aurélio Campos uma fazenda de cinco mil hectares, na região de Barra do Ribeiro Triste. Pagou pelo imóvel R$ 20 milhões, pelo menos dez vezes mais que o valor de mercado. Avaliação feita pela Edificar Empreendimentos Imobiliários, importante corretora local, aponta que a propriedade valeria hoje R$ 2,5 milhões. Há três anos, não custaria mais que R$ 2 milhões.
A compra suspeita foi autorizada pelo então presidente do Sesc Nacional, Antônio José Domingues de Oliveira Santos. Mas quem assinou o contrato, como representante da entidade, foi o presidente da Fecomércio-MT, Pedro Jamil Nadaf, que ocupava simultaneamente a Secretaria de Indústria e Comércio do governo Silval Barbosa (PMDB). Atualmente, ele é secretário da Casa Civil. Tanto Nadaf como Silval e Rodolfo Campos são investigados na Operação Ararath.
Ouvido por ISTOÉ, Oliveira Santos disse que a compra observou as regras do Sesc e que duas avaliações corroboraram o valor desembolsado. Uma de R$ 31,8 milhões e outra de R$ 28,4 milhões. “Essa propriedade valia o dobro. Nós conseguimos uma ótima negociação”, diz ele. Além de aprovado pelo Conselho de Administração, o negócio passou pelo Conselho Fiscal, presidido por Carlos Gabas, secretário-executivo do Ministério da Previdência. Ele também defendeu a compra, ao menos do ponto de vista dos princípios da instituição e de regras contábeis. “Não nos cabe avaliar oportunidade, conveniência e valores. Isso é com o conselho de administração”, afirma.
Fruto da contribuição dos trabalhadores do comércio, os recursos do Sesc devem ser aplicados em atividades de qualificação profissional, lazer e bem-estar. A fazenda é hoje usada como refúgio ecológico. “Fizemos uma reunião lá. Tem uma colônia de férias. Parece um projeto adequado às normas de lazer aos comerciários e preservação do meio ambiente”, diz Gabas. Nadaf não retornou os contatos da reportagem, mas Oliveira Santos fez questão de defendê-lo. “Ele só assinou. Não tem nada a ver com isso.”
Depois de 34 anos à frente do Sesc e do Senac, Oliveira Santos foi afastado na terça-feira 1o por determinação do STJ. O motivo foi uma condenação do TCU relativa a prestações de contas de 2001.

OS TENTÁCULOS DO "GRUPO BARBOSAO" 
Wanderley da Trimec, Rodrigo Barbosa, Silval Barbosa, Antônio Joaquim e os pormenores de uma "odisséia" mato-grossense tendo muito ouro como enredo principal





 A polêmica sobre uma área vendida pelo conselheiro do Tribunal de Contas de Mato Grosso, Antônio Joaquim, que logo em seguida teve a exploração do garimpo de ouro concedida pela Secretaria de Meio Ambiente (SEMA), a Rodrigo Barbosa, filho do governador Silval Barbosa (PMDB), voltou à tona após a entrevista do conselheiro ao Conexão Poder, no domingo, quando afirmou que foi intensamente assediado para vender a fazenda e posteriormente teria sido ameaçado de ser denunciado como parte de um esquema.“Foi do ex-vereador Pente Fino, de Várzea Grande, que comprei em 2007. Chegou em 2012, eu fui assediado para vender a fazenda por várias pessoas que mexem com ouro. Quem comprou a fazenda foi o Wanderley (da Trimec, apontado em investigações federais   como "sócio-laranja" de Silval). Fui chantageado de forma subjetiva e de alguns que mandaram recado para mim, que eu tinha vendido uma fazenda para o governador e iam denunciar na mídia. Falei, denuncia! Não adianta. Essas coisas não me tocam. Eu não tenho medo desse tipo de chantagem e eu tenho o direito de fazer meus negócios”, declarou. A transação virou notícia porque na autorização de exploração concedida pela Sema, que foi anexada aos documentos de investigação da Operação Ararath, a área de 120 hectares ainda estava em nome do conselheiro. 

No Conexão Poder, Antônio Joaquim relatou que vendeu a fazenda em 2012 a Wanderley Torres, dono da construtora Trimec, mas como a última parcela estava sendo paga esta semana, a área ainda não tinha sido transferida. Quanto às suspeitas sobre a Trimec e a transação da construtora com o filho do governador, que estaria explorando ouro no local, o conselheiro pontua apenas que não cabe a ele fiscalizar, apenas negociou. “Vendi a fazenda legalmente, declarei no meu imposto de renda. Está legalmente declarada. Tudo absolutamente transparente e lícito. Agora, se Wanderley fez isso com esse, ou com aquele, o que tenho a ver com isso? Eu não sou da Receita Federal, não sou da Polícia Federal, não sou do Ministério Público, não sou nenhum tipo de investigador, então o que eu posso fazer?”, disparou. De acordo com o conselheiro, cerca de 30 caminhões trabalham diariamente na extração de ouro, na fazenda que já foi de sua propriedade. Antônio Joaquim friso que quando vendeu a área tinha conhecimento de que possuía o minério, já que o dono anterior revelou que havia extraído 400 kg de ouro do local, mas preferiu trabalhar com pecuária e não garimpo porque não tem experiência, nem interesse pela exploração. 

  LICENÇA SEMA

O pedido de licença ambiental foi registrado junto a Sema no dia 17 de junho de 2013. A licença de número 307888/2013, foi liberada em 24 de novembro de 2013, autorizando Rodrigo a extrair “minérios de metais preciosos” em uma fazenda, chamada “Rancho T”, no município de Nossa Senhora do Livramento. A licença vale até o dia 26 de novembro de 2016. 

  TRIMEC

Na quinta fase da Operação Ararath, o empresário Wanderley Torres, dono da empresa Trimec Construções e Terraplenagem, foi alvo de busca e apreensão da Polícia Federal, no dia 20 de maio. No início do mês, o Ministério Público Federal (MPF) já havia instaurado um inquérito civil para investigar supostas irregularidades nos contratos entre o Governo do Estado e a construtora, que de 2007 a 2014 teria recebido cerca de R$ 310 milhões em serviços prestados para o Estado. Um dossiê anônimo, denunciando supostas irregularidades em obras no interior, havia ido parar na Assembleia Legislativa, que articulava abrir uma CPI para apurar o assunto. 

TRANSAÇÕES SUSPEITAS 

 À Polícia Federal, o agiota Gércio Marcelino Mendonça Júnior, hoje delator do processo de investigação da Operação Ararath, declarou que, entre os empréstimos feitos por meio de um ‘banco clandestino’, havia emprestado em 2008 R$ 4 milhões ao atual governador Silval Barbosa (PMDB), que à época era vice-governador e que quando foi cobrar o valor do ‘gerente do esquema’ o ex-secretário de Fazenda Eder Moares, preso desde dia 20 de maio, o mesmo pediu que ele recebesse um depósito de R$ 5,25 milhões da Tocantins Advocacia, transferência comprovada em quebra de sigilo bancário, alegando que o dinheiro era parte de um pagamento que ele [Eder] tinha a receber. Ainda de acordo com o delator, Eder teria dito que o dono do escritório de advocacia havia aberto uma conta com Wanderley Torres, dono da Trimec, para receber R$ 19 milhões de um precatório (dívida do Estado de MT paga por ordem judicial). O Tribunal de Contas afirmou que o precatório em questão passou na frente de outros pagamentos desse tipo, ainda na gestão de Blairo Maggi (PR). Em um trecho de sua decisão. o juiz federal Jeferson Schneider, responsável pelo caso, que as transações entre o governo e a Trimec apontavam fraudes. “Existem empréstimos da Trimec [...] incluídos nas hipóteses de empréstimos fraudulentos por terem os recursos como destinatários, de fato, integrantes do núcleo político da organização criminosa” de, especialmente Silval da Cunha Barbosa”, diz trecho da decisão.
IMPRESTÁVEIS, COM RISCOS DE DESABAMENTO! 
TCE quer vistoria em "obradas" do governo Silval destinadas à Copa

 O Tribunal de Contas do Estado (TCE) propôs, durante sessão na terça-feira (26), que uma das cláusulas do Termo de Ajustamento de Gestão (TAG) a ser assinado com o Estado seja a contratação emergencial de um estudo técnico pericial sobre a qualidade de todas as obras realizadas em Cuiabá e Várzea Grande, que estão sob a responsabilidade da Secretaria Extraordinária da Copa do Mundo (Secopa). A maioria com falhas visíveis a olho nu e com riscos de desabamento, como é o caso do viaduto no CPA. A cláusula pede avaliação especial sobre os viadutos erguidos nas duas cidades, principalmente após a descoberta de fissuras nas juntas de dilatação do Viaduto da Sefaz, na Avenida Historiador Rubens de Mendonça (Avenida do CPA), obra integrante do pacote de implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Depois de ajustado, o TAG deverá ser assinado pelo Governo do Estado e pelas prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande, além da Agência Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá (Agem). A minuta do documento foi encaminhada pelo relator das contas anuais da Secopa, conselheiro Antonio Joaquim, ao governador Silval Barbosa, na segunda-feira (25).
Riva afirma que Silval não pode culpar AL por situação de Mato Grosso

 O deputado estadual José Riva (PSD) reassumiu na quarta-feira (27) a presidência da Assembleia Legislativa e conduziu a primeira votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) do próximo ano. Durante a sessão plenária, o parlamentar pediu licença do comando do Poder Legislativo para intensificar a campanha ao governo de Mato Grosso. Da tribuna da Casa de Leis, Riva agradeceu o apoio dos demais parlamentares ao longo dos meses que esteve afastado da Presidência e argumentou que decidiu pedir licença da função até como forma de manter o desprendimento. Com isso, Romoaldo Júnior (PMDB) segue à frente do Poder Legislativo. “Assumo a Presidência da Assembleia Legislativa e peço licença da função, mostrando desprendimento de qualquer vaidade, pois quero cumprir com meu papel de deputado. Quero agradecer aos colegas pela torcida, pelo apoio e pedi para o Romoaldo Júnior continuar presidente até as eleições. Pretendo intensificar a campanha, continuar sendo útil ao meu Estado. Também aproveito para enaltecer a unidade dos parlamentares, que esqueceram quaisquer sequelas políticas para defender os interesses do Estado”, argumentou. Riva lembrou que os todos os deputados, inclusive os de oposição, sempre contribuíram para o desenvolvimento de Mato Grosso votando os projetos relevantes. “Destaco a oposição que sempre contribuiu para a governabilidade. O governador Silval Barbosa (PMDB) nunca encontrou dificuldades dentro da Assembleia Legislativa, então, esse Poder não pode ser culpado por nada que acontece neste Estado, pois os deputados sempre foram desprendidos de qualquer paixão político-partidária”.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

EM ALAGOAS 
Sogro e genro executados com tiros de escopeta

 Duas pessoas da mesma família foram assassinadas dentro de casa, na madrugada de domingo (24), por volta das 3h30, na Rua Maurício Amâncio, no bairro Lajeiro Grande, em Santana do Ipanema/AL. As vítimas foram identificadas como Antônio Lopes dos Santos, conhecido como “Toinho”, 45, e Cícero Leandro de Lima, 20, respectivamente, sogro e genro. O crime teria sido cometido por pelo menos quatro homens encapuzados e armados com revólveres e escopetas calibre 12 que teriam se passado por policiais para entrar na residência de Cícero Leandro que estava dormindo com a esposa, quando foi surpreendido pela ação dos algozes. Segundo a companheira da vítima, os assassinos pediram para que ela saísse da cama e levasse consigo uma criança de três anos, filha do casal. Depois disso, a mulher diz que apenas escutou disparos de arma de fogo e quando voltou para o quarto encontrou o marido morto com vários tiros, um deles de espingarda calibre 12 na cabeça. O sogro Antônio Lopes teria ido ver o que estava acontecendo na moradia do rapaz e acabou se encontrando com os assassinos que estavam indo embora e terminaram matando o homem com vários tiros. A polícia ainda não sabe o que motivou e nem quem cometeu o duplo assassinato
"São Pedro" mato-grossense: Traição e menosprezo à ex-senadora que lhe deu vitória em 2010




 Ely Santantonio 

A verdade tem que ser dita. A traição do senador Pedro Taques contra a ex-senadora Serys Slhessarenko (hoje no PTB) é um pecado que, cedo ou tarde, o candidato a governador de MT pelo PDT estará pagando... A justiça dos homens pode ser falha, mas a Divina é arrasadora. Não tenho motivos para elogiar ou defender a ex-parlamentar, mas se Taques hoje é senador, sem dúvidas, foi graças ao apoio maciço de Serys e seu vasto eleitorado no Estado, em 2010. A então senadora enfrentou a cúpula do PT e destinou todo esforço possível da sua ala no combate à eleição de Carlos Abcalil, pretendente à vaga de senador na época pelo Partido dos Trabalhadores, no que foi vitoriosa. Nem os seguidos pedidos de Lula e Dilma a convenceram do contrário. Por consequência foi obrigada a deixar o PT, caiu no ostracismo e, hoje, em 2014, sequer um "obrigado" do bem MAU AGRADECIDO Pedro Taques, que lidera as "pesquisas fajutas" (feitas para induzir e ludibriar o eleitorado regional) e pode virar governador em outubro, assumindo de fato em 2015. O site MTAQUI, do Eduardo Gomes, publicou uma elucidativa matéria mostrando detalhes dessa traição e o incontestável desgosto de Seys com o "são" Pedro mato-grossense, que tem mafiosos de peso bancando sua milionária candidatura enquanto convence o eleitorado das suas "santificadas" intenções governamentais.  LEIA:

A ex-senadora Serys Slhessarenko (PTB) ainda não se conformou por ter sido "leiloada, rifada e vendida" dentro da coligação “Coragem e Atitude para Mudar”, encabeçada pelo senador Pedro Taques (PDT), do qual seu partido faz parte. As declarações foram dadas por Serys em uma entrevista, nessa sexta-feira (15)à Rádio CBN Cuiabá. A petebista disse que desde o início das articulações do partido para o pleito eleitoral deste ano se posicionou contra ao apoio a qualquer que fosse o candidato ao governo de outros partidos. Ela defendia o lançamento somente do seu nome ao Senado, acompanhado pelo suplentes, e as chapas proporcionais de deputados estaduais e federais. “Porque o partido poderia crescer, mostrar que é grande. E estaria fortalecido mesmo que não chegássemos à vitória”, argumentou. Ela classificou o PTB como uma partido desesperado, ao declarar apoio ao senador Pedro Taques “a qualquer preço”, disse. Serys declarou também que não teme nenhuma medida de retaliação. Sobre o episódio onde foi preterida dentro da coligação de Taques, a ex-senadora disse que seu nome e do senador Jayme Campos (DEM) eram os mais cotados para concorrer ao Senado na chapa majoritária de Pedro Taques, mas que o grupo optou pelo democrata. A decisão do grupo pela escolha de Jayme não foi vista como golpe. Mas, a petebista explicou que esperava ser o plano B no grupo do pedetista, fato que não aconteceu. “Traíram o Jayme, não houve honestidade, e ele renunciou. Com a desistência, eles me ignoram e colocaram uma pessoa que não estava dentro do jogo. Fui leiloada, rifada, vendida. Acho que o grupo de Taques desvaloriza a mulher na política, as mulheres sem projeção política foram colocadas somente para fazerem números”, desabafou Serys. As declarações da ex-senadora ocorrem após a Coligação ter optado pelo nome do ex-governador Rogério Salles (PSDB), que até a renúncia do democrata era postulante ao cargo de deputado federal. “Muita gente em Mato Grosso faz política por interesse pessoal e familiar, fazem da política um grande negocio. Mulher que não se verga a acordos e que não tem dinheiro, essa fica fora da política”, criticou, disparando para cúpula de Taques. APOIO Sem temer penalidades por infidelidade partidária, Sérys já declara abertamente o apoio restrito ao candidato a senador, Rui Prado (PSD), da coligação ‘Viva Mato Grosso’. “Sou detalhista para tomar decisões políticas, ele (Prado) sabe ser transparente no trato das coisas, conheço a postura. Ele cumpre os compromissos”, elogiou. MAIS CRITICAS A ex-senadora também disparou criticas a outros desafetos no campo político, principalmente a algum parlamentar federal, quando disse que “tem gente por ai que bota a faca na goela de empreiteiros pra arranjar algum benefício”, em referência às emendas para obras públicas em MT. A bancada de deputados federais é a ala que mais dispõe de emendas para os municípios, superando inclusive o Senado Federal. Segundo Serys, tem parlamentar que “pega o dinheiro das emendas para fazer comércio com dinheiro que deveria ser aplicado nos municípios”.
RIO GRANDE DO NORTE 
COMERCIANTE EXECUTADO POR PISTOLEIROS 



O Centro Integrado de Operações e Segurança Pública (CIOSP) Mossoró, registrou mais um crime de homicídio na cidade. Na manhã de quinta feira 21 de agosto de 2014, uma pessoa identificada como Reginaldo de Castro Mendes, 32 anos, conhecido como "Carequinha", comerciante, foi morto quando realizava uma vistoria em sua propriedade que estar em construção no Conjunto Santa Júlia, próximo ao Abolição V. Segundo informações colhidas pela polícia no local, cerca de três a quatro elemento em um carro chegaram no local e efetuaram vários disparos de arma de fogo de pistola. A polícia foi acionada e constatou que o mesmo estava sem vida. A Polícia militar isolamento do local até a chegada do ITEP. De acordo com o perito do ITEP, cerca de cinco disparos atingiram a vítima, sendo dois na parte posterior da cabeça, e três na região lombar. (Passando na Hora)
MATO GROSSO

  Jovem executado a tiros em Cuiabá 

 O desempregado Dirceu Pontes, de 22 anos, foi executado com seis tiros em plena luz do dia, desta quarta-feira (27). O homicídio ocorreu no cruzamento da rua 15 com a 4, do bairro Osmar Cabral, região periférica de Cuiabá. Policiais militares fazem rondas pela região, mas ainda não conseguiram localizar e nem identificar um motociclista, apontado por testemunhas como o autor do crime. A vítima estava em um comércio, quando o motociclista, usando um capacete com viseira escura para não ser identificado, se aproximou, sacou uma pistola e atirou várias vezes. Dirceu foi atingido nos braços, peito e na cabeça. Ele morreu na hora. O caso intriga a PM, já que a vítima não tinha antecedentes criminais.

  Policial civil executado a tiros em Várzea Grande 

O policial civil Edson Rodrigues, de 49 anos, conhecido pelo apelido de ‘Pelé’ foi assassinado com seis disparos que atingiram seu rosto e também braços. O assassinato foi registrado em um bar instalada no bairro Cristo Rei, em Várzea Grande, por volta das 21h. Informações de testemunhas revelam que o policial foi atacado por um homem que chegou em uma moto. O piloto do veículo permaneceu do lado de fora e o companheiro se dirigiu até o policial e disparou. Não houve discussão e o crime foi presenciado pelas pessoas que estavam no local. 

  Acidente com ônibus escolar mata estudante em Tangará da Serra 

Um estudante de 14 anos morreu e outros 11 ficaram feridos, após um micro-ônibus escolar capotar, na manhã desta quarta-feira (27), na MT-480, em Tangará da Serra (239 km a Noroeste de Cuiabá). No acidente, duas adolescentes foram lançadas para fora do veículo. O coletivo seguia do Distrito de Deciolândia para uma escola do campo, em Tangará. Entre os feridos, há uma estudante de 10 anos, que foi levada para um hospital da cidade, em observação. Os demais feridos passaram pelo setor de emergência e foram liberados. 

  Corretor executado em Várzea Grande 

Na tarde de terça-feira (26), o corpo do comerciante Bartolomeu Mariano da Silva, de 53 anos, que estava desaparecido há quatro dias, foi encontrado com perfurações de tiros na nuca e no rosto, em uma área de mata, no loteamento Jardim Guanabara, próximo ao Centro de Treinamento do Pari, zona rural de Várzea Grande. O crime tem características de execução, mas a Polícia não descarta o latrocínio (roubo seguido de morte), já que o carro da vítima, um Ford Ecosport, foi encontrado na segunda-feira (26), no loteamento Jardim Jatobá, também na cidade, próximo onde a Polícia Militar encontrou o corpo. Bartolomeu era natural de Pernambuco, mas morava em Cuiabá há mais de 25 anos.

IRMÃS MORREM ABRAÇADAS DEPOIS DE ESTUPRADAS E EXECUTADAS A TIROS 



 RIO DE JANEIRO - As irmãs Jéssica Oliveira de Souza, de 23 anos, e Ariane Oliveira de Souza, de 18 anos, foram encontradas mortas a tiros na comunidade Gogó da Ema, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. Os corpos estavam abraçados e com sinais de violência sexual. A cabeleireira e a estudante foram a uma boate em Nova Iguaçu, também na Baixada Fluminense. Na saída, foram vistas com três homens desconhecidos. No caminho para a boate, que fica na avenida Presidente Dutra, elas chegaram a ser assaltadas. Mas, mesmo sem os telefones celular, decidiram manter os planos de ir à casa noturna. A comunidade Gogó da Ema, onde as garotas foram encontradas mortas, é dominada por traficantes de drogas. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense pediu à boate as imagens das câmeras de circuito interno para tentar identificar os homens que estavam com as garotas.
Ao demolir casa chinês tem cabeça atravessada por vergalhão de ferro


 PEQUIM - Um homem de 50 anos sobreviveu  após ter a cabeça perfurada e totalmente atravessada por um vergalhão, na China. Identificado apenas como Ho, sofreu o acidente enquanto demolia sua antiga casa. A barra de ferro entrou pela têmpora direita, atravessou toda a cabeça pela diagonal e saiu pela bochecha do chinês. Os médicos informaram que o paciente passa bem. Ainda não há informações sobre possíveis sequelas.
Pedro Taques reafirma compromisso de fazer campanha limpa
Pedro Taques cumpre extensa agenda e reafirma compromisso de fazer campanha limpa
O candidato ao governo pela coligação “Coragem e Atitude pra Mudar”, Pedro Taques (PDT-MT), cumpriu extensa agenda em mais de 20 pontos distintos de Cuiabá e Várzea Grande nessa semana e reafirmou o compromisso de manter uma campanha limpa. “Estou muito animado com essa campanha. As demonstrações de apoio crescem a cada nova agenda que participamos, o que mostra que as pessoas estão entendendo que nós temos os melhores compromissos pra mudar Mato Grosso e rejeitam a campanha suja dos adversários. Nada me fará recuar do compromisso de fazer uma campanha limpa porque o cidadão quer isso”, afirmou Pedro Taques, em evento na região do Coxipó, em Cuiabá.
Riva diz que chefe do MPF "está apaixonado" por Taques
================
 Segundo ele, o procurador-geral da República "age como cabo eleitoral do candidato do PDT




Candidato a governador, José Riva (PSD) afirmou, nesta quarta-feira (27), que a recomendação do Ministério Público Federal (MPF) contra o deferimento de sua candidatura, pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), seria tendenciosa. Segundo ele, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, "age como cabo eleitoral do candidato a governador Pedro Taques (PDT)" - e deixa claro que existe ligação entre ambos, já que Taques é ex-procurador da República em Mato Grosso. "A manifestação do Rodrigo Janot é a de um cabo eleitoral. Para mim, é um parecer apaixonado, de quem está apaixonado por uma candidatura. E ele está completamente apaixonado pelo Pedro Taques" Riva disse que "é nítida" a intenção de Janot em fazer campanha para o colega, o que o tornaria, automaticamente, suspeito em dar pareceres nos processos que aguardam julgamento em Brasília. O parecer foi assinado por Janot na segunda-feira (25) e foi remetido ao relator do processo, o ministro João Otávio Noronha. No documento, Janot fez sua justificativa com base em acórdão da 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, em que Riva e o então presidente da Assembleia Legislativa, Humberto Bosaipo, teriam desviado dinheiro público. Em meados de julho deste ano, o procurador-geral esteve em Cuiabá e comentou sobre a possível inelegibilidade de Riva, que responde a processos por improbidade administrativa. Na oportunidade, Riva chegou a afirmar que iria pedir a suspeição de Janot.

 O advogado Rodrigo Mudrovistch, que representa a defesa de Riva, considerou o parecer de Janot “emotivo”. "O parecer foi opinativo e emotivo. Não cabe ao procurador fazer juízo de moralidade e sim de 'juridicidade'. Juízo de moralidade cada um faz o seu. O juízo que se espera é defesa da legislação e da Constituição Federal". Para Mudrovistch, baseando-se na Constituição, Riva terá decisão favorável no TSE. "O parecer foi opinativo e emotivo. Não cabe ao procurador fazer juízo de moralidade e sim de 'juridicidade'" "Eu acho que ele [Janot] está pulando um pouco os limites constitucionais. Um procurador não tem que se manifestar nos autos. Quanto a isso, nós estamos tranquilos"(MIDIANEWS)

terça-feira, 26 de agosto de 2014

MAIS UMA PESQUISA FURADA? 
"Instituto" Vetor elege Pedro Taques no primeiro turno!

Ely Santantonio


 Não confio em pesquisas, nem mesmo do IBOPE, capitaneado em MT pela TV Centro América. Todas cheiram a trambique, com  clara intenção de beneficiar quem pagou mais pela "amostragem". Em se tratando do "instituto" Vetor, de antigas ligações com o site MídiaNews, do jornalista Ramon Monteagudo, a dúvida fica ainda maior. De uns dias para cá, talvez por desentendimentos comerciais, o site vem expondo "feridas" do candidato a governador José Riva, mesmo sem citar seu nome, como é costumeiro na imprensa "morde e assopra" do Estado. Basta buscar nos arquivos das últimas semanas, notadamente na coluna FOGO AMIGO... E bota amigo nisso!.... Graças ao parlamentar o Grupo Mídia News, hoje, detém um império financeiro só suplantado pelo RDNews, do também "vampiresco" Romilson Dourado. Resumindo, sem medo de errar, pelas cutucadas que vi e li, não é atoa que Riva esteja apenas com 13% da preferência do eleitorado mato-grossenses, e Pedro Taques (PDT) já esteja "eleito" no primeiro turno.  Nesta terça (26) foi esta a "bomba" do MídiaNews:

 O candidato Pedro Taques (PDT) continua liderando a disputa ao Governo do Estado, e pode ser eleito já no primeiro turno

 Pesquisa realizada pelo instituo Vetor revela que Taques tem 38,6% das intenções de voto, na modalidade estimulada, seguido por José Riva (PSD), com 13%; Lúdio Cabral (PT), com 12,5%; José Roberto (Psol), com 2,4% e José Marcondes Muvuca (PHS), com 1%. Os eleitores indecisos somam 23,5%; os brancos e nulos, 7,9%; 1% não respondeu.
"São Pedro" sob ataque! 
Candidatos chamam Taques de cara-de-pau e laranja em debate na Tv Record 

 Durante o debate promovido pela TV Record, nesta segunda-feira (25), o candidato do PDT, Pedro Taques (PDT), foi o alvo número um dos demais candidatos. Os adversários tentaram desestabilizar Taques. Lúdio Cabral (PT), chamou Taques de "cara de pau". José Riva (PSD) bateu no caso Cooperlucas que tem o coordenador de Taques, Otaviano Pivetta, envolvido. (Muvuca (PHS) questionou sobre ligações com Luiz Antonio Pagot, ex-homem-forte dos governos Blairo Maggi (PR) e Silval Barbosa (PMDB) e chamou o adversário de "laranja". Taques manteve postura de não atacar.
STJ suspende condenação de Riva e deputado volta a comandar Assembleia Legislativa
===============
 Decisão do STJ  poderá  ser acolhida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), onde  Riva  busca reverter decisão do TRE-MT

 O Superior Tribunal de Justiça (STJ) suspendeu uma das condenações em processo por improbidade administrativa contra o deputado estadual José Geraldo Riva (PSD). Conforme a decisão, assinada pelo ministro Geraldo Og Fernandes, proferida na tarde desta terça-feira (26), o parlamentar volta a ocupar a presidência da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT). O recurso acolhido por Fernandes foi apresentado pelo advogado de Riva, Rodrigo de Bittencourt Mudrovitsch. Conforme o advogado, por se tratarem de processos semelhantes, a expectativa é que mediante a apresentação de pedido formal a suspensão seja estendida aos demais processos em que Riva foi condenado na Justiça de Mato Grosso. Segundo o advogado, a decisão do STJ deve ser acolhida pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), local onde tramita um recurso impetrado por Riva, que tenta reverter a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), que indeferiu o registro da candidatura do pessedista. “A Justiça Eleitoral é obrigada a acolher a decisão do ministro Fernandes e levá-la em consideração no julgamento do recurso”. Se for de fato estendida às outras 3 condenações que o deputado possui em processo semelhantes a este, a suspensão das sentenças proferidas pela Justiça de Mato Grosso “esvazia” o julgamento do recurso na Justiça Eleitoral e, com isso, garante o registro da candidatura de Riva ao governo. Riva perdeu a função pública de presidente em votação por unanimidade no dia 7 de maio de 2013, em julgamento na Terceira Câmara Cível do TJMT.

domingo, 24 de agosto de 2014

NO AMAZONAS
Casal em moto morre na hora ao trombar contra ônibus





MANAUS - Uma motocicleta em alta velocidade colidiu com um ônibus no quilômetro 36 da BR 174. Com o impacto morreram Edson Yuri da Silva Soares (21 anos) e Juliana Lemos dos Santos(17), que era conduzida na garupa. A moto chegou a entrar debaixo do carro. O corpo de Edson sofreu múltiplas  fraturas  e  vários cortes. Ele e juliana tiveram morte instantânea. Os corpos foram recolhidos ao Instituto Médico Legal. ( Portal do Holanda}
OBRAS IMPRESTÁVEIS, FORTUNA SURRUPIADA
=================
Engenheiros aconselham demolição de viaduto no CPA que pode desabar por erros na edificação dos pilares



O viaduto da Sefaz, em Cuiabá, foi interditado por tempo indeterminado. Assim como ele, outras obras "da Copa" que "consumiram" mais de R$ 2 bilhões na gestão Silval Barbosa, apresentam falhas estruturais e representam perigo para a população. Nesta semana, dois engenheiros do CREA-MT e que pediram omissão dos nomes para evitar represálias, revelaram ser extremamente grave a situação e que há sonegação de informações por parte da Secopa. E dependendo dos pareceres técnicos, a solução mais viável, e radical, poderá ser a demolição do viaduto próximo ao Palácio Paiaguás. “Tudo indica que o problema do viaduto está em suas fundações, que não teriam sido executadas conforme as normas técnicas adequadas. Um indicativo disso é que a base da obra estaria cedendo, causando microfissuras no conjunto todo e colocando em risco a sua segurança. Caso isso se comprove, e dependendo do tamanho do problema estrutural, a obra poderá ser ‘consertada’, por meio de técnicas de reforços na fundação, por exemplo. O problema é o custo, que poderá ser maior do que demolir e construir outro”, afirmou um dos engenheiros, que foi inteiramente apoiado pelo colega. O Ministério Público Estadual (MPE) já teria solicitado todos os documentos à Secopa, para dar seguimento à análise. A secretaria permanece omitindo tais informações.
Lúdio diz que Pivetta é "sem moral" e precisa explicar ROMBO da Cooperlucas 

Ludio Cabral
 O candidato ao Governo pelo PT, ex-vereador Lúdio Cabral, rebateu as acusações do prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta (PDT), que criticou o seu perfil político, o comparando com o também candidato José Riva (PSD). Lúdio afirmou que o coordenador da campanha de Pedro Taques (PDT) “não tem moral” para atacá-lo. “Ele não tem moral para me atacar. Precisa explicar o ROMBO de 500 milhões da Cooperlucas. Precisa comprar um espelho bem grande e ficar olhando para ele, buscando explicações para aquilo que ele já fez na vida dele. E precisa se preocupar com o candidato dele. Ele calado é um poeta”, disse.
Sogro de Pedro Taques já foi preso pelo Gaeco, denuncia Janete Riva 

Janete Riva

FOLHAMAX 

 A ex-secretária de Cultura de Mato Grosso, Janete Riva (PSD), afirmou quarta-feira que recebeu com espanto as críticas do senador Pedro Taques (PDT) e esposa dele, a advogada Samira Martins. A confusão entre os grupos do deputado estadual José Riva (PSD) e o pedetista teve início anteontem durante entrevista a TV Centro América (Rede Globo). Riva revelou que Taques e esposa também seriam investigados na "Operação Ararath", que investiga um esquema de lavagem de dinheiro público através de empresas de factoring em Mato Grosso. Janete relata que o que mais causou estranheza nos ataques proferidos por Taques e Samira à família dela é justamente o fato de terem “telhado de vidro” e saberem que os agentes públicos estão sujeitos a serem investigados. “Será que Samira já esqueceu que o pai dela já foi preso em uma operação policial? Aliás, será que há um conflito de família onde o senhor Pedro Taques não fala com o sogro presidiário?”, indagou referindo-se à declaração do senador que disse não conversar com presidiários.
Segunda decisiva para o candidato José Riva 

 Um dos advogados do candidato a governador José Riva (PSD), José Antônio Rosa, informou que a expectativa é que nesta segunda-feira (25) o parecer do Ministério Público sobre recurso ordinário do registro de candidatura seja encaminhado para o relator, ministro João Otávio de Noronha. Assim que emitir seu voto, o processo deve ser colocado em patua. O julgamento rápido do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é aguardado com ansiedade pelo candidato e sua equipe pois, sem a definição, a sua campanha continuará “engessada”.

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

LAGO DA MORTE, EM UGANDA
 Desaparecimento de pescadores levanta suspeita sobre existência de outro monstro "devorador de homens"
Crocodilo gigante que teria matado quatro pessoas é capturado na Uganda

 A suspeita de que possa existir outro irmão (talvez mais de um) do crocodilo monstro capturado no início de 2014 na vila Kalkira, no Leste de Uganda, apavora novamente os cerca de 800 moradores que usam o gigantesco lago da região para pescar. O monstro na foto, pesando uma tonelada, tinha devorado quatro pessoas e mutilado dezenas de outras. O desaparecimento de dois pescadores meses após sua captura, elevou o temor de que a região de caça do matador de homens tenha sido ocupada por um outro gigante da mesma espécie, de igual porte ou até maior. Agentes da Uganda Wildlife Authority (UWA), órgão governamental responsável pela conservação da vida selvagem já estão no local efetuando buscas.
ETs e disco voador aterrorizam município cearense

 FORTALEZA (CE) A comunidade de Salgado Ingá, no município de Canindé, tem se impressionado cada vez mais com luzes que aparecem à noite e chamam a atenção dos moradores. Nas últimas semanas o fenômeno tem aparecido, e a suspeita é que seja um disco voador. Os residentes da cidade estão preocupados, já que não sabem de onde vem aquela luz. Uma das moradoras ligou para a rádio local muito aflita, quando o episódio acontecia. Ela contou por telefone que na hora ficou muito quente e muitos moradores deixaram de sair de casa com medo. “Eu vi uma tocha vermelha muito forte, e ela ficou parada. Eu poderia descrever como um disco voador, uma coisa que eu nunca vi”, conta uma residente, ao ficar de cara com a luz. Já a mulher que ligou para a rádio relatou que tentou clarear a luz com uma lanterna, mas ela aumentou e tentou “descer à terra”. (Tribuna do Ceará)
Na Bahia
 MÃE E FILHO EXECUTADOS E CARBONIZADOS  POR CIGANOS


 SALVADOR (BA) - Na localidade conhecida como TACHA em Lamarão, distrito de São Sebastião do Passé, no interior baiano, foram encontrados na sexta feira os corpos crivados de balas e carbonizados de Nilda Maria Fiuza (52) e do seu filho, Thiago, de 23 anos. Segundo relatou uma testemunha chave, os crime teriam como autores um grupo de ciganos com qual mãe e filho se desentenderam comercialmente. A polícia investiga o duplo homicídio.
NO PIAUÍ 
Chefe de terreiro morto com uma pá
 Oscar de Oxalá espancado até a morte em Teresina 

 O umbandista Oscar de Oxalá foi encontrado assassinado na manhã de domingo em sua residência e templo religioso na rua Sergipe, no bairro Pirajá, na zona Norte de Teresina. O corpo foi encontrado nu e com sinais de violência. Oscar Gomes Filho tinha 61 anos. O assassinato tem como suspeito um jovem de 18 anos que estava na casa de Oscar na noite de sábado, com qual mantinha um relacionamento amoroso. O corpo do umbandista estava de bruços e com muito sangue. Encontraram uma pá usada em construção civil sobre seu corpo. “A perícia vai determinar como foi esse assassinato, mas tudo indica que foi com uma pá. Aparentemente houve uma discussão no andar de cima do terreiro, e ao tentar fugir, Oscar de Oxalá foi pego e espancado”, informou um policial.
NA BAHIA 
Andarilho tem pernas esmigalhadas ao pegar carona em trem 


 Na cidade baiana de Santo Amaro (72 km de Salvador), no domingo, este homem não identificado pela polícia e que que aparece nas fotos, perdeu parte das pernas ao pegar carona num trem e terminar caindo. Rodas da locomotiva passaram em suas pernas esmigalhando ossos, dilacerando carnes e nervos, causando lesões graves. Um transeunte teve que segurar com força a vítima até a chegada do socorro, pois ele estava se machucando ainda mais querendo sair do local. Populares informaram se tratar de um andarilho com problemas mentais.
NO CEARÁ
 Comerciante executado a tiros por pistoleiros 



 LIMOEIRO DO NORTE (CE) - Mais um crime de Homicídio a Bala voltou a chocar a População de Limoeiro do Norte na manha dessa segunda feira dia 18/08. Por volta das 10h45min na Lanchonete Ponto do Açaí em Limoeiro do Norte, foi vitima de Homicídio a Bala a pessoa de ANTONIO MARCOS Comerciante e proprietário da Lanchonete. A Vitima foi assassinada enquanto estava na parte de trás da Lanchonete organizando alguns papeis quando os pistoleiros chegaram e efetuaram vários disparos de Pistola. A Policia Militar e Policia Civil compareceram ao local para as devidas providencias e ainda não tem maiores informações sobre o crime. Vale ressaltar que há poucos dias atrás, o filho de Antônio também foi executado à bala em Limoeiro do Norte. (Limoeiro.com)